Logomarca
Telefax:
(71) 3245-2882
(71) 3235-6344

Horários de cultos:
Domingo: 9:30 h e 18 h
Quarta-feira: 19:30
F.A.Q.
Abaixo algumas das perguntas e dúvidas mais frequentes sobre a nossa doutrina:

1) Deus criou o homem mau e perverso?

Não. Ao contrário, o criou bom ( Gn 1.31 ), feito à sua imagem e semelhança ( Gn 1.26,27 ), isto é, em verdadeira justiça e santidade a fim de que conhecesse a Deus seu Criador, amasse-o de todo coração e com ele vivesse em bem-aventurança eterna para louvá-lo e glorificá-lo ( Ef 4.24; Cl 3.10; II Co 3.18).

Síntese:
1- O homem foi criado bom ( Gn 1. 31 ), pois não fazia parte dele o pecado; não havia na sua consciência a “semente” da desobediência. Não era inocente no sentido de imaturidade, mas no sentido de impecabilidade. Sua mente não continha qualquer pensamento perverso; o mal não lhe penetrara a consciência. 
2- Ele foi criado à imagem e semelhança de Deus, não no aspecto físico, pois a divindade não tem corpo, mas nos aspectos espirituais, morais e intelectuais ( Cf Gn 1. 26,27 ). Como semelhante ao Criador, era responsável e livre para ser e continuar bom, pois, de outra maneira, não serviria para ser mordomo de Deus.
3- Deus criou e destinou o homem para a servitude, para a perfeita sintonia com Ele na condição de servidor privilegiado no Paraíso do Criador. A queda desqualificou-o, fazendo-o servo de si mesmo, desprezando o seu desiderato original:louvar a Deus e glorificá-lo para sempre ( Ef 4. 24; Cl 3.10; II Co 3.18 ).



2) De onde procede a corrupção da natureza humana?

Da desobediência e quedade nossos primeiros pais, Adão e Eva, no Paraíso ( Gn 3; Rm 5.12,18,19 ). Por isso, nossa natureza ficou de tal maneira corrompida, que todos somos concebidos e nascidos em pecado ( Sl 51.5; Gn 5.3 ). 

Síntese 
1- Como ser responsável, e perfeitamente sintonizado com Deus, não podia desobedecê-lo, embora, como ser livre, podia fazê-lo, sabendo que, para tanto, romperia relações com o seu Senhor e deixaria, consequentemente, de ser servo. Com liberdade de pecar, embora pudesse deixar de fazê-lo, Adão pecou, comprometendo toda raça humana, ligada a ele pelo pacto de obras, firmado com Deus Gn 3; Rm 5.12,18,19 ). 
2- Em decorrência da queda, toda a humanidade caiu no seu ancestral representativo e corporativo. Os descendentes de Adão e Eva já nasceram alienados de Deus e dele separados desastradamente ( Cf Sl 51.5; Gn 5.3 ).



3) Não é Deus injusto com o homem ao exigir dele, em sua lei, o que ele não pode cumprir?

Não ( Ef 4.24 ), pois Deus criou o homem habilitado para cumprir suas ordenanças ( Gn 3.13; I Tm 2.13,14 ); ele, porém, instigadopelo Diabo ( Gn 3.6; Rm 5.12 ), e por sua própria rebeldia, privou-se dos dons divinos, incluindo na privação a sua descendência.

SÍNTESE 
1- Deus não foi injusto por três razões: Primeira: O homem era um ser maduro, inteligente e racional, capaz de separar a vontade do Criador da vontade do Tentador ( Cf Gn 3.13; I Tm 2.13,14 ). 
2- Deus firmou com este homem racional e inteligente um pacto, cuja ab-rogação trar-lhe-ia a morte.Ele foi, portanto, previamente avisado e advertido. Não ignorava o fato nem as suas conseqüências. 
3- Sendo um ser psicossomático, os sentidos lhe falaram forte, o desejo de auto-afirmação pressionou-o, a ânsia de grandeza superou a submissão ao Criador; então, deu lugar ao maligno, desobedeceu ( Gn 3.6 ). Com a sua responsabilidade de trazer ao mundo a humanidade e mantê-la aos pés do Criador, o seu pecado danificou- lhe a pessoa e, nela, afetou todos os seus descendentes.



Boletim
Número 10
Data: 10/03/2012
Clique para baixar

Livros interessantes


Crer É Tambem Pensar

Qual é o lugar da mente na vida do cristão iluminado pelo Espírito Santo? O autor defende que vivemos uma época de anti-intelectualismo. Isso se verifica particularmente em três ênfases que a igreja pode assumir: No ritual e na correta conduta – mais percebido entre os católicos; No radicalismo dos liberais da ação social – teologia liberal; Na supervalorização da experiência – percebido entre os neopentecostais. Um cristianismo de mente vazia significa miséria e ameaça ao próprio cristianismo.Qual é o lugar da mente na vida do cristão iluminado pelo Espírito Santo? Deus nos criou seres racionais; será justo negarmos a humanidade que Ele nos deu? Deus conosco se comunicou; não procuraremos entender suas palavras? Deus renovou nossa mente por intermédio de Cristo; não faremos uso dela? Temos de orar e temos de estudar.
Mapa

Veja como chegar na igreja Simples Comunicação